– Trabalho elaborado pelo Consultor da Parlamento, Jenner de Morais, anteriormente à privatização da Companhia Vale do Rio Doce:

Obs.: O controle acionário foi passado à iniciativa privada em 1997. O Consórcio Brasil, formado pela Companhia Siderúrgica Nacional, a Bradespar (do grupo Bradesco) e o fundo de investimentos Previ, arrematou 41,73% das ações por R$ 3,3 bilhões, o suficiente para assumir o controle da empresa.